"Educação não transforma o mundo. Educação muda pessoas. Pessoas transformam o mundo." – Paulo Freire



sexta-feira, 24 de junho de 2016

Regional do SINTE sem expediente externo nesta sexta-feira

Em razão do escrutínio das eleições do SINTE/SC, na sede da Regional do SINTE de Chapecó, não haverá expediente externo, nesta sexta-feira, dia 24 de junho. A partir das 14 horas, após limpeza da sede, haverá expediente interno apenas.
Extraoficialmente, a informação é de que a CHAPA 2 - SINTE UNIFICADO, FORTE E DE LUTA, venceu as eleições à Executiva Estadual do SINTE/SC e à Coordenação Regional do SINTE de Chapecó. Tão logo haja divulgação oficial a respeito, com os números finais das eleições do SINTE/SC, estaremos comunicando, nesse espaço.

quarta-feira, 22 de junho de 2016

Começaram hoje as eleições gerais do SINTE/SC

Desde as 7h30 da manhã de hoje, 22/06, os/as filiados/as do SINTE/SC, maior Sindicato de Santa Catarina, estão votando para escolher os/as novos/as dirigentes da Estadual, Regionais e Conselheiros. Amanhã, 23/06, o pleito continua, e as votações seguem até às 20 horas. Para a Direção Estadual, 3 Chapas disputam os votos dos/as filiados/as.
São mais de 300 urnas espalhadas pelo Estado e 27.666 eleitores, sendo esta a maior eleição sindical do Estado. As urnas fixas foram colocadas nas maiores escolas dos municípios, e as urnas itinerantes circulam pelas escolas menores da zona urbana e rural. Em algumas sedes regionais do SINTE, também foram instaladas urnas.
Para votar, o/a filiado/a precisa levar documento oficial com foto e o  contracheque, comprovando a filiação. O cronograma das urnas itinerantes está a cargo das Comissões Eleitorais e Coordenações Regionais. Sendo assim, faça contato com sua Regional, e saiba onde votar.
Participe! O Sindicato é seu!
A professora Alvete Pasin Bedin, candidata a Secretária dos Aposentados e Assuntos Previdenciários do SINTE/SC, na CHAPA 2 - SINTE UNIFICADO, FORTE E DE LUTA, votou na sede da Regional do SINTE de Chapecó.
A professora Janete Halmensclager, candidata a Coordenadora Regional do SINTE de Maravilha, na CHAPA 2 - SINTE UNIFICADO, FORTE E DE LUTA, votou na EEB Nossa Senhora da Salete, em Maravilha.

A professora Ângela Bedin Siebel, candidata a Secretária Adjunta de Organização – Oeste –, na CHAPA 2 - SINTE UNIFICADO, FORTE E DE LUTA, votou, na EEB São Miguel, na Regional do SINTE de São Miguel do Oeste.
A professora Ingrid Inês Ackermann Fiorentin, que concorre a Coordenadora Regional do SINTE de Concórdia, na CHAPA 2 - SINTE UNIFICADO FORTE E DE LUTA, votou na urna instalada no Centro de Eventos de Concórdia.
A professora Zigue Timm, que concorre à reeleição, para Coordenadora Regional do SINTE de Chapecó, na CHAPA 2 - SINTE UNIFICADO FORTE E DE LUTA, votou na sede da Regional de Chapecó.


A professora Marlise Konig, atual Coordenadora Regional do SINTE de Maravilha, que concorre a Conselheira do SINTE, na CHAPA 2 - SINTE UNIFICADO FORTE E DE LUTA, votou na EEB Nossa Senhora da Salete, na Regional do SINTE de Maravilha.
Da esquerda à direita, as professora Cléria Ghizzi e Ângela Bedin Siebel, da CHAPA 2 - SINTE UNIFICADO FORTE E DE LUTA, que votaram em São Miguel do Oeste.
Da esquerda à direita, as professoras Alvete Pasin Bedin e Ingrid Inês Ackermann Fiorentin, da CHAPA 2 - SINTE UNIFICADO FORTE E DE LUTA.
A professora Alda Zuffo, da Regional do SINTE de Chapecó, concorre a Conselheira do SINTE, na CHAPA 2 - SINTE UNIFICADO FORTE E DE LUTA.

O professor Vanderlei Travessine, candidato a diretor de Organização da Coordenação Regional do SINTE de Maravilha, na CHAPA 2 - SINTE UNIFICADO FORTE E DE LUTA, votou na EEB Nossa Senhora da Salete, em Maravilha.  
A professora Elivane Secchi, Coordenadora Regional do SINTE de Palmitos, concorre à reeleição, na Chapa 2 - SINTE UNIFICADO, FORTE E DE LUTA, e votou hoje, nas eleições do SINTE/SC, na Regional de Palmitos.

O professor Aldoir Kraemer, candidato a Coordenador Estadual do SINTE/SC, na CHAPA 2 - SINTE UNIFICADO FORTE E DE LUTA, votou, hoje cedo, na EEB São Miguel, na Regional do SINTE de São Miguel do Oeste.

Profissionais da educação realizam ato em frente ao MEC

No próximo dia 29 de junho, os trabalhadores em educação estarão reunidos em uma grande mobilização, na Esplanada dos Ministérios, em frente ao Ministério da Educação, em Brasília.
O ato, organizado pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE) é em defesa da democracia, da educação pública e dos direitos dos trabalhadores em educação.
Além disso, os profissionais protestam contra a plataforma do governo interino de Michel Temer, pautada no programa “Uma Ponte para o Futuro” que representa uma ameaça concreta ao direito à educação pública e às conquistas dos trabalhadores e das trabalhadoras em educação na última década.
Entre as medidas previstas, estão o fim da vinculação de impostos e contribuições para as políticas sociais; o fim das receitas do petróleo para a educação e a saúde; privatização da educação básica e superior; a ameaça ao piso do magistério e à política salarial dos servidores públicos e o fim da aposentadoria especial do magistério.
Apoiam o evento, a União Nacional dos Estudantes (Une), União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (UBES), a Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), a Federação de Sindicatos de Professores e Professoras de Instituições Federais de Ensino Superior e de Ensino Básico Técnico e Tecnológico (PROIFES), a Confederação Nacional dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino (CONTEE), a Central Única dos Trabalhadores (CUT), a Campanha Nacional pelo Direito à Educação e o Movimento Interfóruns da Educação Infantil do Brasil (Mieib).

terça-feira, 21 de junho de 2016

Começa amanhã a eleição no SINTE/SC


Amanhã e quinta-feira, serão realizadas as eleições no Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Santa Catarina - SINTE/SC. Haverá urnas fixas, nas escolas e nas sedes das Regionais do SINTE, além de urnas itinerantes, em todas as Regionais do SINTE/SC. Para a Executiva Estadual do SINTE/SC, concorrem as Chapas:
CHAPA 01 – AÇÃO E LUTA – OPOSIÇÃO
Coordenador Estadual – Marcus Alexandre Sodré

CHAPA 02 – SINTE UNIFICADO, FORTE E DE LUTA
Coordenador Estadual – Aldoir José Kraemer

CHAPA 03 – ALTERNATIVA SINTE
Coordenadora Estadual – Clarice Erhardt

À Coordenação Regional do SINTE de Chapecó, concorrem:
CHAPA 02 - SINTE UNIFICADO, FORTE E DE LUTA
Coordenadora Regional – Zigue Timm

CHAPA 05 – TRANSPARÊNCIA, LUTA E ESPERANÇA
Coordenador Regional: Hildo Corazza

Sindicalistas decidem criar frente ampla para defender trabalhadores

(Texto: Vítor Santos - Foto: Eduardo G. de Oliveira/Agência AL)

Sindicalistas da Central Única dos Trabalhadores (CUT), da União Geral dos Trabalhadores (UGT) e da Intersindical decidiram criar uma frente ampla para defender os direitos dos trabalhadores, ameaçados principalmente pela reforma previdenciária. “A sugestão é criar uma frente geral, unitária e ampla, uma coordenação para circular o estado defendendo os interesses dos trabalhadores do campo e da cidade”, afirmou o senador Paulo Paim (PT/RS), durante audiência pública da Comissão de Direitos Humanos (CDH) do Senado Federal, realizada na sexta-feira (17), no Plenário Osni Régis da Assembleia Legislativa.
De acordo com o senador gaúcho, atualmente 63 projetos de lei ameaçam os trabalhadores. Destaque para o PL 30/2015, que dispõe sobre a terceirização. “Não aceito terceirizar atividade fim. Na ‘Folha de S.Paulo’ um dos ministros disse que ia agilizar a reforma da previdência e a trabalhista, principalmente a terceirização. Mas o relatório está na minha mão e na semana que vem não se vota coisa nenhuma”, declarou Paim, referindo-se ao ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha. “Não entregarei a relatoria do PL 30/2015 de jeito nenhum”, avisou Paim.
O senador explicou que há proposta para unificar em 65 anos a idade mínima para aposentadoria de homens e mulheres; para a redução da idade para trabalhar de 16 para 14 anos; regulamentação do trabalho escravo; legalização do trabalho intermitente (por hora) e do negociado sobre o legislado (quando decisões coletivas entre trabalhadores e patrões se sobrepõem às leis); restrição ao direito de greve; redução de trabalho com redução de salário; férias parceladas; eliminação de três dias de aviso prévio por ano de trabalho, entre outras.
A deputada federal Angela Albino (PCdoB) defendeu a unidade da classe trabalhadora. “Se esse projeto (de reformas) fosse submetido às urnas não seria vitorioso”, avaliou Angela. “Para sair do golpe precisamos da unidade”, concordou Idemar Antonio Martini, presidente da Federação dos Trabalhadores na Indústria (Fetiesc). “A direita está unida e nós temos duas frentes e vários partidos”, lamentou Graça Costa, presidente da CUT/SC. “A hora é de unidade”, completou Luciano Véras, do Sindicato dos Trabalhadores em Saúde e Previdência do Serviço Público Federal em Santa Catarina (Sindprev).
Volnei Chucri, representante do Fórum dos Servidores Públicos de Santa Catarina, lembrou que o estado barriga-verde já reformou a previdência, aumentou a alíquota de contribuição, criou a previdência complementar e congelou os salários. “É o ataque do governador Raimundo Colombo, o estado é um grande laboratório, aqui foi aplicado antes mesmo da aprovação do PL 257”, descreveu Chucri, aludindo às medidas contidas no Projeto de Lei 257/2016, do Executivo federal, que estabelece regras para que os estados e o Distrito Federal renegociem as dívidas com a União.
Luciane Carminatti (PT) elogiou os sindicalistas catarinenses e garantiu que eles não foram seduzidos pelo poder, nem perderam o rumo da história. “Aqui há um movimento sindical muito forte e aguerrido”, afirmou a representante de Chapecó.

quinta-feira, 16 de junho de 2016

Aprovado projeto da meia-entrada para professores em eventos esportivos

(Texto: Ludmilla Gadotti - Foto: Miriam Zomer/Agência AL)

A Comissão de Economia, Ciência, Tecnologia, Minas e Energia da Assembleia Legislativa aprovou, em reunião na tarde de quarta-feira (15), o Projeto de Lei (PL) 516/2015, de autoria da deputada Luciane Carminatti (PT). A matéria busca alterar a Lei 16.448, de 2014, que estabeleceu o direito do pagamento de meia-entrada em apresentações culturais e de lazer aos professores da educação básica. A proposta é estender o benefício também para eventos esportivos.
O relatório favorável do presidente do colegiado, deputado Silvio Dreveck (PP), foi acatado com emenda substitutiva global apresentada na Comissão de Constituição e Justiça da Casa. A proposição segue agora para a análise da Comissão de Direitos Humanos.

quarta-feira, 15 de junho de 2016

Jornal do SINTE/SC Especial Eleições 2016

O Jornal Especial das Eleições foi impresso e enviado a todos/as os/as filiados/as. Para que você sempre receba o material do Sindicato mantenha seus dados atualizados, o que pode ser feito online nesse link: http://sinte-sc.org.br/atualizar-cadastro/

Leia aqui Jornal Especial Eleições:

Filie-se ao SINTE/SC: Juntos, somos mais fortes!

Filie-se, diretamente, ao SINTE/SC - imprima e preencha a ficha de filiação abaixo, anexa uma cópia do seu contracheque, e encaminhe à Regional do SINTE:

Convênios médicos - valores - União Sindical

Convênio União Sindical - exames médicos

SINTE Regional Chapecó - Relatório Financeiro de abril de 2016

Fique por dentro